Era uma vez um empreendedor brasileiro que fazia o que podia, mas seus colaboradores eram desmotivados, reclamavam do salário, atendiam de forma precária aos clientes, tentavam a todo instante entregar o mínimo possível por acreditarem que a empresa não os reconheciam devidamente.

O empreendedor fazia o máximo para resolver dois problemas, em primeiro lugar fazer propagandas, entregava panfletos, investia o último centavo para levar o cliente até a loja, mas nada funcionava, bastava uma visita e pronto! Nunca mais o cliente voltava. É como dizem por aí, ''enxugar gelo''. Em segundo lugar tentava explicar para os colaboradores que fazia  tudo o que podia e sabia.

Até o empreendedor perceber que 88% das decisões de compra dos consumidores são tomadas pelo inconsciente, e na escala de importância, nesta nova era de economia (4.0) o bom e o velho atendimento entusiasmado, com brilho nos olhos, paixão, amor e total vontade em ajudar e resolver a demanda do cliente  faz total diferença, entretanto se tornou raridade esse comportamento no mercado de trabalho  atualmente.

A brasilsocial.org® resolve este problema para você que é empreendedor e não está disponível a fazer centenas de estudos científicos-teóricos e empíricos durante quase uma década interrupta para resolver esse problema. Afinal você precisa cuidar das estratégias do seu negócio. A inovação intelectual em fazer com que as pessoas ofereçam  o seu melhor, deixa que a gente faz.  Para isso temos um milhão e duzentas mil pessoas cadastradas e aplicamos metodologias coletivas gratuitas para jovens em quase todo país. Nós nos comprometemos que você ficará satisfeito, e garantimos que poderá romper a parceria em qualquer instante sem nenhum centavo de custo, caso não ame o trabalho do nosso time de gente brilhante através do Método DHBS® ou do Método NeuroVarejo® ambos autorais, exclusivos, patenteados e aprimorados todos os dias por pesquisadores comportamentais especializados no mercado de trabalho do século XXI.

não sabe mais como fazer para que seus colaboradores mostrem mais ?

Leve os especialistas da  Brasil Social para sua empresa e descubra como melhorar o atendimento, proatividade e motivação da sua equipe.  A Brasil Social atende atualmente empresas nas seguintes regiões: DF GO MG SP RJ PR SC RS RO PI

método usado pela rede brasil social:

O método DHBS (Desenvolvimento Humano Brasil Social) criado pelo especialista Tiago Szymel, atua na expansão mental do indivíduo, traz reflexões sobre o contexto em que vive, atua na reconstrução do EU interior fragilizado, mostrando ao sujeito suas reais possibilidades racionais no mundo, rompendo limitações e abrindo novos caminhos comportamentais. Trabalha especialmente habilidade na comunicação corporal, estratégias de relacionamento interpessoal com foco em resultados de alta performance. Criado, testado, aperfeiçoado constantemente e aplicado pela Brasil Social em todos os projetos nacionais. Em resumo o método DHBS é uma ferramenta capaz de transformar ideias superficiais e limitadas em conhecimento sólido, real e palpável, capaz de transformar potencial em resultado de valor percebido ao mercado de trabalho. O mundo mudou, as empresas mudaram e as ferramentas necessárias para capacitar pessoas tiveram que ser  inovadoras e mais eficazes,  assim como a filosofia da Agência Brasil Social.


A Brasil Social usa linguagens específicas para cada público:

Empresas filiadas que recebem palestras.

Escolas conveniadas que recebem nossas palestras.

Projetos de capacitação gratuita dentro das comunidades.

Franqueados investidores.

Estudantes Brasil Social ativos em programas de estágios.

Representantes.

PROJETO BRASIL SOCIAL nas empresas 

Toda empresa filiada a Brasil Social com mais de 20 estagiários, tem direito a uma super palestra para todos funcionários uma vez ao ano com especialistas em carreiras, comunicação estratégica, mercado de trabalho e desenvolvimento humano da Brasil Social 

PROJETO BRASIL SOCIAL FRANCHISING

A Brasil Social tem total interesse em crescer cada vez mais junto com seus investidores, que muitas vezes apostam as economias de suas vidas por confiar e acreditar no sonho de impactar milhares de vidas em todos os estados e regiões do país. Justamente por esse desejo de crescimento bilateral, é investido pesado no suporte aos franqueados. A franqueadora Brasil Social oferece: 40 horas de capacitação presencial com especialistas de campo: - São 16 horas de aula presencial sobre o mercado de atuação e formação do comercial. - 08 horas de capacitação sobre presencial sobre o setor organizacional. - 08 horas de capacitação presencial sobre administrativo. - 08 horas de capacitação presencial sobre fidelização. Além disso, é disponibilizado + 60 horas de conteúdos diversos através de aulas em formato de áudio, permitindo assim que o franqueado consiga maximar suas chances de sucesso. Tiago Szymel é um especialista em carreiras, desenvolvimento humano e mercado de trabalho. Ao comprar uma franquia Brasil Social, você terá acesso á 100 horas de estudos estratégicos e métodos exclusivos da Franqueadora Brasil Social. Poderá cuidar dos jovens de sua cidade, gerar trabalho, ajudar na economia de sua cidade e ser dono do seu próprio negócio.


PROJETO BRASIL SOCIAL NAS COMUNIDADES:

A Brasil Social ao longo dos anos inovou diversas vezes. Um dos projetos mais bonitos idealizado por Tiago Szymel especialista em carreiras e desenvolvimento humano para o mercado de trabalho, já alcançou milhares de jovens. O objetivo do projeto Brasil Social nas comunidades é levar um pouco de conhecimento extra curricular para os jovens com menor poder aquisitivo e tornar cada participante em um candidato com maior poder competitivo no mercado de trabalho. Infelizmente os recursos são limitados e atualmente não conseguimos atender toda demanda de comunidades e instituições que se inscrevem para o projeto brasil social nas comunidades. Atualmente são + de 1.000 pedidos de escolas na lista de espera em vários estados. Mas, cerca de 10% do faturamento de franquias brasil social são revertidos para esse projeto. Com a previsão de crescimento nos próximos 05 anos da rede Brasil Social em todo país, esperamos poder atender pelo menos 100 mil jovens gratuitamente.

PROJETO BRASIL SOCIAL nas empresas 

Toda empresa filiada a Brasil Social com mais de 20 estagiários, tem direito a uma super palestra para todos funcionários uma vez ao ano com especialistas em carreiras, comunicação estratégica, mercado de trabalho e desenvolvimento humano da Brasil Social 

10 Dicas de entrevista, por um especialista que já entrevistou mais de

10 mil pessoas.


Vamos aos fatos...
Hoje somente na capital do Brasil, são mais de 300 mil pessoas desempregadas, logo sabemos que não existem 300 novos mil empregos por mês, essa matemática não fecha. Tudo bem, essa realidade de números por si só já deveria ser um DESPERTADOR para quem busca uma colocação no mercado de trabalho, entretanto o que vemos por aí são caminhões de pessoas '' tentando a sorte'', aquele famoso: VAI-QUE-COLA!
Cada um sabe da sua vida, cada um tem direito de fazer escolhas, mesmo sendo boas ou ruins. Quero dar a oportunidade de ajudar quem deseja entender um pouco sobre como as empresas pensam e entender também um pouco sobre a realidade do mercado de trabalho, entendendo esses dois pontos, suas chances aumentarão em 500%.

1 - A empresa não é sua mãe: Tem gente que pensa que é, sabe a mamãe que alivia as travessuras daquela criança? Ou aquela mãe que está ali para ouvir, consolar, e passar a mão na cabeça? Pois é, no mercado de trabalho as coisas não são assim. Até entendo que você pode ter uma história triste para contar, muita gente tem! Porém não chegue na entrevista achando que ali é uma consulta psiquiátrica ou terapêutica ou um programa social do governo onde ganha o benefício quem tiver a vida mais infeliz. Saiba parar de contar misérias e por favor, não se faça de vítima, seu sucesso ou seu fracasso depende de você, portanto tenha AUTO-RESPONSABILIDADE, acredite, se agir diferente, uma porta já se abre aqui.

2 - Pare de falar que precisa : Se você está ali na entrevista, tentando uma vaga, é obvio que você precisa, muitos candidatos insistem nesse argumento POBRE e sem sentido, saiba mostrar seu potencial, não suas fragilidades e necessidades comuns.

3- Seja informado : Já vi milhares de candidatos que chegam na entrevista e não sabem nem falar sobre o mercado de atuação em que pretende atuar. Caia na real, esse tipo de comportamento já demonstra que você é um desligado(a), perdido e desenformado. Chegue na entrevista sabendo o máximo de informações possíveis, exemplos : A) O que a empresa vende, B) quem são os concorrentes, C) Qual ramo de atuação, D) Como foi o mercado nos últimos 5 anos, E) Qual a previsão para o ano atual, F) Que tipo de ferramentas você enquanto profissional pode oferecer para somar com a empresa, e por aí vai, SE-LIGA!

4 - APRENDA A SE COMUNICAR DE FORMA CORRETA: Pelo amor de DEUS, tem cada candidato que ao sentar na cadeira de entrevista já se elimina automaticamente, apenas com a CARA AMARRADA, com os ombros caídos, ou com semblante depressivo. SEU CORPO FALA, e FALA MUITO sobre você, ESTUDOS comprovam que 55% de toda sua comunicação é corporal, 38% entonação vocal, então depois dessa, vê se treina no espelho, seja enérgico, demonstre coerência entre suas palavras e expressões.

5- Não seja uma alma sebosa: É comum em processos seletivos, aparecer o famoso '' alma sebosa'', geralmente se disfarça de bom (a) moço (a), chega de mansinho puxando assunto com os outros candidatos, e em 5 minutos começa a criar um sindicato dentro do processo, reclama da água, reclama do papel no chão, reclama do tempo, reclama da parede, reclama do mundo, fala coisas terríveis e eventualmente faz um barraco, AH.., sempre consegue levar embora uns 3 ou 4 cabeças de vento sem opinião formada. Se você é uma pessoa desse perfil, MUDE URGENTE sua postura, existem estratégias para perceber esse tipo de perfil, logo na entrada da recepção ou mesmo na sala de espera.

6 - Seja a melhor opção: Se você for BOM (a), DE ALTO nível, se questione: - Será que tem alguém mais completo que eu ? Sempre tem. Portanto, melhore seu currículo, melhore seus horizontes, estude mais, se especialize mais, leia livros, assista vídeos, faça reflexões, se analise, cresça e apareça.

7- Seja um gerador de resultados: Ao fim das contas, o que toda empresa procura é isso. Alguém que gere o resultado. Se você é um padeiro ou se você '' se acha um'', tem que saber fazer pão, é do financeiro? TEM QUE MANDAR BEM COM NÚMEROS, é administrador, tem que ser um gênio e saber tocar a coisa toda, é da área de vendas? TEM QUE VENDER IGUAL ÁGUA. Nada pode ser só uma questão de sorte, tem que ter técnica, embasamento, fundamentação e ser um especialista. QUEM É BOM EM TUDO, NÃO É BOM EM NADA. Defina suas duas ou três áreas de atuação e mande bala nos estudos, dê a cara a tapa, FAÇA ACONTECER;

8 - Seja esperto e humilde: Se você sabe que atualmente concorre indiretamente com mais de 300 mil candidatos, é obvio que o mar não está para peixe. Pois bem, aproveite esse momento de desafio e se desafie, faça trabalhos voluntários dentro da área que você busca colocação, ou recolocação, desenvolva habilidades ou se você for esperto, vai transformar uma oportunidade medíocre em uma oportunidade extraordinária. O movimento é o primeiro passo, não fique parado chorando pitangas. Comece como free se for o caso, se você for bom será visto, CRIE VOCÊ MESMO AS OPORTUNIDADES, pare de ficar procurando uma VAGA QUE NÃO EXISTE. Tem gente que insiste em ficar focado em um mercado que não vai abrir mais as portas de forma simples, já teve uma carreira razoável e agora acabou a vaca gorda? Se redesenhe, ofereça seus serviços de graça como teste em troca de uma proposta se o que você fizer trouxer resultados. Até para conseguir emprego, tem que empreender meu (a) amigo (a). Acorde! 

9 – Tenha controle emocional e caráter: Temos visto muitos lobos disfarçados de ovelhas rondando as empresas, são pessoas que não param em empresa nenhuma, tentam roubar ideias, métodos, tentam a todo custo juntar provas diariamente para colocar a empresa na justiça, não dialogam, vão direto para redes sociais denegrir a imagem corporativa, são explosivos, roubam a empresa, manipulam os colegas de trabalho. Cuidado, o mercado de trabalho está de olho em você que faz isso. As empresas se comunicam, empresários conhecem empresários, contratantes conhecem contratantes, sistemas de investigações estão sendo implantados em muitas empresas, as vezes você atende todos os requisitos da vaga, porém seu nome é sua marca.

10 – Última dica: ’’ Aprenda a fazer um currículo’’, é cada porcaria que as pessoas enviam que sinto vergonha por elas.
Siga as regras:
A) Use apenas uma fonte.
B) Não use foto ‘’ MARMOTA’’, se for usar, use uma decente.
C) Pare de usar currículo pronto, personalize o seu próprio currículo.
D) Pare de usar FRASES PRONTAS.
E) Aproveite os espaços, porém não encha de mais com informações inúteis.
F) Venda seu perfil e habilidades logo na primeira frase.
G) Seja mais assertivo nas experiências, coloque onde trabalhou, quanto tempo ficou lá e quais foram as principais experiências realizadas.
H) Cursos são importantes, se tiver a carga horária e o que você aprendeu com as aulas.
I) Referências profissionais são fundamentais.
J) Evite currículo de duas páginas.
K) Evite colocar experiências irrelevantes para a vaga em que você busca trabalho.
L) Pretensão salarial no período de experiência abaixo da média pode ser interessante, demonstra que você tem visão e acredita no seu resultado.

Então é isso, leia mais umas 3 vezes, se reorganize e boas entrevistas!

Sucesso.


Tiago Sousa – Diretor de franchising - Brasil Social



 


Fonte: 



https://www.facebook.com/vocepodemais

Tiago Szymel Silva de Sousa

TIAGO SZYMEL SILVA DE SOUSA